New Look 
"As mulheres entenderam que minha intenção era torná-las não só mais belas, mas mais felizes." Christian Dior

Catálogo Anna Miller
Dior, final dos anos 40.
Balenciaga, 1950.
Dior, 1950.
 Jacques Heim, 1951.
 Jacques Fath, 1951.

 Dior para um editorial de 1951.
Traje de festa do New Look, Dior.


O New Look, criado por Christian Dior em 1947, influencia coleções de estilistas até hoje. A coleção de 1947 foi uma mudança radical em relação à moda austera que se fazia durante a guerra [ou seja: poucas ideias novas, pouco tecido, poucas cores]. No início, a saia com vinte metros de circunferência irritou boa parte das mulheres, que consideravam fútil e extravagante para uma época tão dura. Mas Dior acabou conquistando não só as mulheres mas como todo o mercado [sua coleção devolveu a Paris o título de capital da moda]. O casaqueto era a peça principal do New Look. Destacava não só a cintura como também os quadris, criando curvas sinuosas e sensuais. 
No começo dos anos 50, o espanhol Chistobal Balenciaga ficou conhecido pelas formas estruturadas e volumes estratégicos, como no casaco de mangas compridas [foto].
Quando não estavam usando o conjunto de casaqueto + saia, as mulheres que aderiram ao New Look, embarcavam em elegantes vestidos com as mesmas linhas. Corsets, cintos largos, entre outros truques, eram usados para manter o formato de ampulheta. Cinturões, colchetes e forros amplos nas saias criavam a ilusão do shape perfeito.
Enquanto a maioria dos estilistas parisienses como Jacques Heim, se inspirou em Dior com a cintura estreita e saias amplas, Jacques Fath reinventou o New Look. Com saias lápis e drapeados ilusórios, deu uma nova perspectiva à silhueta de ampulheta.
Embora o look criado por Dior tenha linhas limpas e modernas, suas técnicas de modelagem e de drapejamento vêm desde o século 19. Ainda com inspiração naquela época, os designers apostaram em detalhes e tecidos, bordados, bodies colados à pele, saias gigantescas e decotes reveladores. Com o tempo, os elegantes trajes de noite se tornaram a grande vitrine para o New Look.
Christian Dior morreu em 1957, aos 52 anos. A era de ouro da alta costura parisiense continuou por mais alguns anos, mas nunca mais foi a mesma sem Dior. Breve, mas brilhante, a carreira de 10 anos do estilista deixou um legado que continua a inspirar criadores.


Fonte: StyleSight



Louis Vuitton Outono/Inverno 2010




Comentários

  1. You have a great blog :) I love this LV post! Am now following and hope you follow back :)

    opinionslave.blogspot.com xx

    ResponderExcluir
  2. Gorgeous :)))

    Love
    minnja

    http://minnja.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. siiigh vintage dior gets me every time :) x

    ResponderExcluir
  4. Great post! I loved this LV collection :D
    .

    check out our fashion illustrations at http://www.illustrated-moodboard.com/ :)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas